Sussurros poéticos, por Ana Clara de Menezes

Botar meus sentimentos em palavras,
ou melhor,
Em poesia, 
Acalma meu coração
agitado por semanas 
com palavras soltas
Por causa das vozes da poesia
que tanto chamavam
e eu não ouvia.

A poesia tem vida própria.

Ela reside em mim
e me conta coisas 
antes mesmo que eu as ouça.

– Ana Clara de Menezes


Ana Clara de Menezes é uma caloura de Jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina e, com 19 anos, já possui um conto publicado chamado “O amor ainda existe, apesar do inorgânico?” que faz parte da antologia “Baleias Encalhadas, são baleias suicidas?”. 

Autora de principalmente poemas reflexivos sobre amores desconhecidos, conflitos internos e literatura, também gosta de se aventurar nas crônicas, se divertindo com conceito de passar uma mensagem importante em poucas palavras, tal como fazia sua maior inspiração na escrita, Clarice Lispector.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s