Virada

Naquele minúsculo planetinha azul, próximo à estrela anã, existe uma raça de honrados guerreiros. Todos os anos eles se entregam à épicas batalhas travadas ao redor do planeta. Para defender sua honra e dignidade, os soldados conquistadores mais bem preparados se vestem de branco e se reúnem nos litorais para um evento que chegou à nossa inteligência pelo nome de Réveillon.

Ao que podemos estudar, Réveillon é a palavra para sangue em muitos idiomas praticados na Terra. Portanto, isso é o que esperam os milhões de seres humanos (é assim que são chamados) que se apresentam para a imensa guerra anual de sangue. Pelo que parece, esse evento está relacionado ao que alguns deles chamam de Seleção Natural, onde sobrevivem os seres mais aptos a viver. É como uma limpeza da natureza.

Os guerreiros vencedores, já descritos anteriormente por suas características roupas brancas, costumam praticar seus rituais em frente ao mar, esperando pelo sangue de seus oponentes chegar e manchar suas vestes com a glória do ano que virá.

O Réveillon não é exclusivo dos aglomerados de civilizações litorâneas, pois observamos muitos pontos de explosão em cidades mais afastadas da água, que é tão importante para aquele povo. Parece que, para essas pessoas, também é de grande importância a coloração de suas roupas interiores de batalha. Pelo visto, eles acreditam em deuses de espectros de luzes diferentes, e honram a eles, pedindo suas bençãos para a grande guerra do sangue.

Há muito pesquisamos essa exímia raça de seres que se desenvolveram tão bem em tão pouco tempo. Pelo menos nos últimos trezentos anos temos observado seus Réveillons daqui, e só temos visualização das violentas explosões coloridas no céu do pequeno planeta, tentando entender sua cultura e conhecimento enquanto eles se matam pela sobrevivência

A escolha deste ponto específico na rotação do planeta sobre a estrela anã ainda é um mistério, pois é um ponto completamente aleatório, e muda pouca coisa na fauna e flora do planeta, mas, pelo visto, é de grande importância para muitos desses pequenos seres humaninhos.

2 comentários em “Virada

Os comentários estão encerrados.