Posts em destaque

Agora o Coisas de Pedro está no Apoia.se!

Apoiando o Coisas de Pedro você vai me ajudar a manter o blog e o podcast cheio de coisas. E ainda tem recompensas exclusivas para apoiadores!

Escritores convidados

Últimos posts da semana

God Of War

Por onde eu começo a falar desse jogo incrível? God Of War (Deus Da Guerra), ou Good Of War (Bom De Guerra) como eu lembro que algumas pessoas chamavam ele, que é uma forma … Continuar lendo God Of War

O corvo do mago

— Reunimos mais uma vez todo o concelho depois de anos para tomar a decisão do destino do nosso réu.— É inadmissível tudo o que aconteceu no último final de semana! Tantas vidas foram … Continuar lendo O corvo do mago

Crônicas


Parceiros

Eventos e Novidades

Contos e novelas


Podcast

Reviews e recomendações

Posts mais antigos

Saia do Armário

Já ouvi tantas vezes pessoas dizerem a outros: Saia do armário. Resolvi levar ao pé da letra esse conselho, de tão repetitivo, quase vira verdade. Entrei no armário. Poucos minutos. Saí. Saí com dor nas articulações, crise de espirros e tosse e com uma gaveta quebrada. Pensei, refleti e voltei a perguntar: Qual a definição da expressão: Saia do armário? No entanto, prefiro ampliar a discussão ao dizer: guarde no armário. Guarde seu preconceito naquela gaveta quebrada e de lá tire o respeito. Assim deixará florir em seu coração, algo que se chama: amor ao próximo. Gostou do texto? Não … Continuar lendo Saia do Armário

Portão de casa

Distante do portão, vejo as pessoas nas ruas, sobem, descem, sozinhas, em duplas ou grupos. São tantas palavras, das quais, poucas compreendo. Dia e noite, fico no exílio, a observar quem passa. Se estivesse na rua teria reparado na cor dos olhos, nas ruas velhas e sem marca; roupas que apenas vestem, teria visto se é gordo, magro, branco, negro, homem ou mulher, talvez até elaborado frases deselegantes e com rótulos. Se a rua fosse meu caminho, teria visto os veículos em movimento, teria reclamado das buzinas, das músicas e da velocidade. Sei que os veículos novos chamariam mais a … Continuar lendo Portão de casa

O tempo

Com o barulho do despertador, surgem pequenos bocejos, e em traje íntimo, corro para interromper a sinfonia. Percebo seus gestos ainda tímidos na cama, lentamente, beijo nossa gestação e seus lábios ao toque do bom dia. As horas marcam o tempo para não atrasarmos ao trabalho. Roupas, perfumes, maquiagem e o cheiro do café são regras. Depois, passos são acompanhados pelo barulho da bicicleta, com pequenas palavras, gestos e orações. O tempo vem e vai, as histórias vão e chegam, e já são dois anos; dois anos do sim. De lá pra cá, celebramos uma nova vida, tão desejada, que … Continuar lendo O tempo

A inesperada virtude dos leitões e outros animais, por Felipe Pires

— Sêmem de Leitão? — Fala baixo, Sylvia. Sim, sêmem — Roger, sussurra. — Achei que você não conseguiria mais me surpreender. Mas isso… — Você não entende. Sou um ator, trabalho com minha aparência. — Não só com isso, Roger. — Não só com isso, não só com isso — Roger desdenha. — Passei anos interpretando uma porra de um “homem passarinho”. Não quero morrer como o “homem passarinho”. Eu sou um ator respeitado. — E quer ser lembrado, por ser o homem que injetou sêmem de leitão na cara? — Fala baixo, porra. — Sylvia, Roger… boa tarde. … Continuar lendo A inesperada virtude dos leitões e outros animais, por Felipe Pires

Tom Clancy’s Ghost Recon: Wildlands

O ano era 2016, e um jovem Pedro se animava vendo gameplays e trailers de um jogo que seria lançado pela Ubisoft na linha dos Tom Clancy’s Ghost Recon. Se trata de um jogo cooperativo com um esquadrão que deveria ser um Black Ops dos Estados Unidos infiltrado em algum outro país para resolver problemas americanos (como na maioria das obras de Tom Clancy). O jogo possui um mapa GIGANTESCO da Bolívia a ser explorado pelo jogador. Desertos de sal, savanas e selvas da america latina são o ambiente para uma história envolvente e alucinante. Corta para 2021, um Pedro … Continuar lendo Tom Clancy’s Ghost Recon: Wildlands

Carregando…

Ocorreu um erro. Atualize a página e/ou tente novamente.